quinta-feira, 20 de junho de 2013

Tricotando à máquina

Olá!!!
Sempre fiquei com uma idéia na cabeça, a vontade de tricotar à máquina. E lá fui eu e há alguns anos comprei uma máquina de tricô.

A pessoa de quem comprei explicou-me o funcionamento da máquina. Munida das explicações e do manual de funcionamento fui enveredando pelo caminho do tricô.
Eu já tinha bastante noção do tricô manual, a forma das peças é a mesma que se usa na máquina também.
Bate cabeça aqui, bate cabeça ali, faz, desmancha, assim foi até que resolvi que queria fazer tricô rendado, usando cartelas com desenhos. Vocês não têm idéia da briga minha com a máquina. Ela ganhava sempre de mim!
Todo trabalho autodidata demanda estudo, tempo, conhecimento por fim.
E foi assim e com a ajuda de uma amiga da internet, a Rosa (A Rosa na Janela) que estou conseguindo fazer mais trabalhos. Também tenho visto vário vídeos que explicam como fazer peças, acabamentos e etc, na máquina de tricô. Agora estou feliz porque estou conseguindo o que quero. Mas não sem aprender todos os dias.

Terminei agora, ainda está quentinho, dois coletinhos que fiz para meus netinhos de cinco anos. Não ficou uma "marravilha", mas dá para usar.
Abaixo estão as fotos dos coletes.





O cinza com verde é o BB e o cinza com laranja é do PP. Eles estão esperando pelos coletes que a vovó demorou um pouco para fazer, mas aí está.

Como a máquina de tricô faz parte da minha vida.

Desde que eu era menina (e já faz tempo!) via minha mãe tricotando à mão e na máquina.
A primeira máquina de tricô que meu pai comprou para minha mãe foi uma chamada Veloz. Tinha dois carrinhos. Eu não sei como funcionava a máquina antiga, mas pelo que tenho lido, os pontos trabalhados eram feitos manualmente e ficavam tão lindos quantos os que fazemos agora com as cartelas perfuradas. Depois ela trocou por uma Lanofix e trabalhou bastante com ela.
Dá para ver os dois carrinhos um na ponta da máquina (primeiro plano)
e o outro no meio da máquina.




Até a próxima. Beijinhos à todos.

14 comentários:

  1. Muito lindo! Com certeza os meninos adorarão os coletes! Obrigada e continue sua persistência com a máquina! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ah, ficaram tão lindos, não sei porque você diz que não ficaram "marravilha"... Aposto que eles vão amar, vão ficar quentinhos e elegantes - e adorei o detalhe da listra colorida nos acabamentos (muito de macho...).
    Agora - me apaixonei pela máquina... Você ainda tem a máquina da sua mãe? E ela tá assim bem cuidada? Nunca ouvi falar dessa marca, "Veloz", nunca se desfaça dela, é uma preciosidade.
    Beijos, obrigada pela menção carinhosa ao meu blog e uma linda semana, minha querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Rosa, muito grata pelos elogios. Os meninos gostaram dos coletes, sim. Eu não sou expert como você na máquina de tricô, mas estou aprendendo e tenho me esforçado para isso. Hoje, domingo fiz um pé de meia que tenho numa apostila, segui o passo a passo e não é que deu certo? Fiquei feliz!
      A máquina que está na foto é um modelo igual ao que minha mãe tinha. Lá na década 70 ela trocou a máquina antiga, a Veloz, por uma Lanofix nova, mas quando minha mãe faleceu, minha irmã desfez-se da máquina. Lamentável... Se eu tivesse essa Veloz da foto, talvez já tivesse enveredado pelos caminhos do tricô à máquina há mais tempo. Mas como eu sempre digo, tudo tem a hora certa de acontecer. E não precisa agradecer pela menção ao seu blog, porque é o mínimo que tenho a fazer, reconhecendo o que tenho aprendido com você e com sua delicadeza. Muito obrigada pelo carinho. Abraços e beijos carinhosos.

      Excluir
  3. Oi Lígia Barreto, adorei seu trabalho, parabéns ! Onde conseguir uma máquina de tricotar como esta é que são elas !!! No Mercado Livre tem algumas mas eu não sei como selecionar o que é melhor, pode dar umas dicas de adquirir um bom produto usado. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Benigna, desculpe pela demora em responder-lhe, falha minha. Agradeço pelo elogio. Estou apenas começando a trabalhar com a máquina de tricô. Desde menina via minha mãe trabalhando com elas. Sempre ficou na minha cabeça que um dia queria também fazer isso. Consegui comprar uma máquina usada e estou aprendendo, com a ajuda de algumas pessoas, através de vídeos na internet. Você consegue comprar a máquina de tricô pelo Mercado Livre. Aqui no Brasil não se consegue máquinas novas, somente as usadas. Geralmente estão em bom estado. Uma máquina Elgin Brother, com o carro normal e o de verão, deve custar por volta de R$ 1.000,00. Há máquinas que trabalham somente com fios mais finos e outras que trabalham com fios finos e grossos. Verificar se os carros correm bem pelas agulhas, se não faltam agulhas ou estão tortas (apesar que para se trocar as agulhas é fácil e elas são baratas), se há o manual de usuário (hoje se consegue o manual através da internet). Verificar também se estão todos os acessórios, tais como, pesos, pente simples, guia para os fios, contador de carreiras, se a máquina trabalha com cartelas, as cartelas com desenhos, transportadores de pontos, remalhadeira. Basicamente são os pontos importantes a serem verificados. Espero ter podido ajudá-la. Escreva quando quiser e se puder ajudá-la estarei à disposição. Abraços carinhosos.

      Excluir
  4. LENDO A SUA HISTORIA ME VI LENDO AMINHA.COM ADIFERENÇA PAGUEI E APRENDI O BÁSICO AÍ QUEBREI A CABEÇA, APRENDI A FAZER TUDO COM A MINHA FORÇA DE VONTADE, HOJE FAÇO QUALQUER PEÇA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara amiga, obrigada pelo comentário. Eu nunca frequentei aulas para aprender o manuseio ou confecção. Fui aprendendo pelo manual, pela internet e por força de vontade mesmo. Ainda tem coisas que não consigo fazer, mas se Deus quiser e com a força de vontade chegarei lá. Abraços carinhosos.

      Excluir
  5. OLÁ QUERIA MUITO SEU CONTATO..PRECISO DE UMAS 30 TOUCAS DE TRICO A MAQUINA... MEU E MAIL CARROSSELBABY@OUTLOOK.COM
    TEL (22)997533808 MEU NOME :DAIANE

    AGUARDO CONTATO

    ResponderExcluir
  6. Você ainda trabalha com tricô à máquina? Estou à procura de alguém que faça um poncho de tricô , à máquina . Ele tem 1,80m de comprimento, 1,10m de largura e 15cm de franja - e é feito em duas partes, costuradas até 80cm e o resto fica em pontas.... Meu e-mail: mariatherezacosta@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Boa noite. Ligia. Ganhei uma maq veloz semana passada. Voce sabe onde encontro o msnual de como utiliza-la.
    Ela eh,identica a wue vc posyou
    Arlete da Cunha

    ResponderExcluir
  8. Boa noite. Ligia. Ganhei uma maq veloz semana passada. Voce sabe onde encontro o msnual de como utiliza-la.
    Ela eh,identica a wue vc posyou
    Arlete da Cunha

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Ligia. Ganhei uma maq veloz identixa a essa que postou. Vc sabe ondeno manual de utiluzacao dela. Estou curiosa para mexer nela

    ResponderExcluir
  10. boa noite! herdei uma maquina de trico veloz. so que nao tem manual. vc teria uma copia desse manual. poderia me vender. adoro desafios. Arlete da Cunha. arletekc@gmail.com 12 981705565. Deus a abencoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valquíria, obrigada por seu contato. Eu não tenho a máquina Veloz. Quem teve uma dessas foi minha mãe, lá pelos anos 60. Depois ela trocou por uma mais moderna. Eu não sei o funcionamento desta máquina, porque quando via minha mãe trabalhando com ela, eu era muito criança. Aconselho que você procure na internet, ou através de grupos de tricô à máquina no Facebook. Infelizmente não poderei ajudá-la. Tem um site em inglês onde se pode encontrar inúmeros manuais de máquinas de tricô. Veja se na máquina existe algum outro número de modelo. Acesse este endereço e procure se existe o manual de sua máquina: http://machineknittingetc.com/
      Espero que tenha sorte em sua busca. Abraços fraternos.

      Excluir